quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

O DISCÍPULO

MATEUS 28:19 – 20.
"E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo, Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém."

Fazer discípulos é “a estratégia” de Deus para alcançar o alvo: O PROPÓSITO ETERNO DE DEUS.  Romanos 8:29
Precisamos ensinar todas as coisas que Ele tem ensinado. Então o ensino que devemos praticar são todas as coisas que Jesus ensinou. Não vivemos o propósito de Deus para fazer crentes, evangélicos, membros, seta ordem é para fazermos discípulos...

O QUE É UM DISCÍPULO ?

"E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros." 2 Timóteo 2:2

Existe uma cadeia de informação, conexão, O que de mim recebeste transmite a outros, Isso é discipulado. "Vamos receber e transmitir o que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei e o Deus de paz será convosco." Filipenses 4:9

O discípulo é o que recebe e transmite, não retem, precisamos formar discípulos que formem discípulos. Então Discípulo é: 
Alguém que crê em tudo que Cristo disse e faz tudo que Cristo manda.
Precisamos fazer discípulos que saibam fazer outros discípulos, é um processo contínuo,para formarmos uma família  de filhos semelhantes a Jesus.
Não há uma palavra “discipulado” não existe na bíblia, mais falando com respeito a  discípulos, o que mais se aproxima ao nome é discipulado.
Discipulado não é uma uniformidade, não é um time de robôs, passamos nossos valores pessoais, mas o importante é formar Jesus nos discípulos. Não podemos implementar nossa cultura e atitudes, mais sim Jesus. Ex: Questões culturais, etc…

Não posso querer que o irmão seja igual a mim, tenho que ter paciência,  ele não tem que ser ”a minha marca.” discipulado não é Sob Governo. 
O discipulado de Jesus não nos trata como militar, mais como Pai.
O que fazermos com esta ordem de Jesus? Ficamos muito envolvidos com nossas vidas que não fazemos discípulos, não damos testemunho e não pregamos para as pessoas.

Se estamos falhando com essa ordem é porque não nos preocupamos com as vidas. Em todo tempo precisamos compartilhar e nos preocupar que vamos testemunhar, falar.
Paulo ensinava a Timóteo "Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina." 2 Timóteo 4:2

Não podemos ficar parados e presos ao nosso mundinho. Viver como egoístas, forte isso. Pois o que temos de melhor não passamos a outros, não damos o que tem de melhor em nós. Cristo.


Precisamos gerar vida no discípulo!

Anderson Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário