terça-feira, 5 de maio de 2015

UMA VERDADE SOBRE IGREJA/DISCIPULADO





Caros leitores, paz sempre.
Quero em pouca palavras escrever sobre um verdadeiro discipulado.
Tenho lido algumas coisas sobre este tema. E vejo muita confusão, as vezes alguns querem fazer algo com boas intenções, mas não sabem o que estão fazendo. Usei a palavra "discipulado "pra chamar a atenção, mas, na verdade , na Bíblia não existe esta palavra. Quero levar  você amado leitor a entender que precisamos trocar esta palavra por Relacionamento. Quero mostrar a você que este "modo de viver" é inspirado em Jesus Cristo.
Ao pensarmos na forma como Jesus vivia com seus discípulos , entendemos como é importante o relacionamento. Jesus vivia uma vida intensa com seus discípulos , e esta vida intensa promovia relacionamento profundo e duradouro.
Vou mostrar alguns versículos, mas quero que você amado leitor pense comigo no destaque do texto, pois o alvo é o relacionamento que Jesus tinha com os discípulos.
A Igreja neste contexto tem importante papel , ela é formada por discípulos comprometidos com o Reino do Senhor. 



A possibilidade de sermos edificados uns pelos outros trás a nós um sentimento sincero que fortalece a fé. na IGREJA ENCONTRAMOS TUDO, pessoas que são transparentes, pessoas que são superficiais, pessoas cheias de Deus, pessoas sem sensibilidade, pessoas simpáticas, pessoas antipáticas, pessoas que amam demais, pessoas que amam pouco, e podemos citar muitas outras qualidades e defeitos, e nestas coisas o mais importante é o sentimento de edificar ou outros para que atinjam a maioridade no Senhor, ao ponto de comer alimentos sólidos, aprendendo a suportar a fraqueza dos fracos e a força dos fortes, aprendemos a andar em unidade entendendo a diferença de cada um. Então vivemos em discipulado, onde ali as coisas ficam escuras por pouco tempo. Deus trás a vida uns dos outros, pois somos expostos no nosso caráter e conduta. Que experiência fantástica. Louvado seja Deus !!!
A Igreja não é uma administração, não é um conjunto de normas e preceitos, não é liturgia, não é congregar no sábado, domingo, etc... Igreja são pessoas que representam o corpo de Cristo e vivem em comunhão repartindo a vida de Cristo uns com os outros e com os de fora. Para entender é ler o livro de Atos dos Apóstolos e vai perceber que é muito mais do que vemos por aí, eu tenho lutado por isso, ainda que demore , mas em Deus eu creio num corpo de pessoas que vivam comunhão e relacionamentos, vivendo Cristo e dando Cristo, uma vida de testemunho como Cristo viveu. Num dos momentos para mim, você que está lendo com muita paciência,  é o RETIRO de verão aqui em Portugal, com esta parte da Igreja, onde buscamos viver um pouco desta VIVA REALIDADE , onde seu ponto forte é na reunião do sábado a noite que é um resumo de tudo o que se passa, e eu vi algo tremendo que me fez chorar, ver pessoas indo na frente confessando pecados, de livre e espontânea vontade , liberando palavras, testemunhos, abençoando, orando uns com os outros, em fim, um pouco do céu na terra. Um irmão ao final da reunião me falou : " Anderson, eu vi aqui o ATOS 2" , no sentido de que ele viu a continuação do que aconteceu no livro de ATOS. 


E aconteceu que, no segundo sábado após o primeiro, passou pelas searas, e os seus discípulos iam arrancando espigas e, esfregando-as com as mãos, as comiam. Lucas 6:1

Iam, arrancando, comiam...dão sentindo de andar juntos. Jesus estava com os discípulos quase sempre. Jesus tinha uma vida com seus discípulos de relacionamento. No momento em que Jesus estava junto com eles, Jesus comia, compartilhava , ensinava e exortava juntos. 
Jesus não vivia com eles nos templos , pregava e depois ia pra casa, mas , andava e comia com eles. Estavam sempre juntos. Uma relação de pastor e ovelha. 

E Jesus subiu ao monte, e assentou-se ali com os seus discípulos. João 6:3
Ora, um de seus discípulos, aquele a quem Jesus amava, estava reclinado no seio de Jesus. João 13:23
E, saindo, foi, como costumava, para o Monte das Oliveiras; e também os seus discípulos o seguiram. Lucas 22:39

E Judas, que o traía, também conhecia aquele lugar, porque Jesus muitas vezes se ajuntava ali com os seus discípulos.João 18:2

Jesus tinha um relacionamento profundo e duradouro com seus discípulos. Em seu ministério Jesus pregava para multidões , muitos o seguiam, mas Jesus separou 12 homens para relacionar e , seu relacionamento foi tão intenso que produziu frutos tremendos, eles estavam sempre juntos, dia após dia , por causa deste modelo  é que hoje estamos em Cristo,  por causa da mensagem pregada por estes homens , e que estas mensagens chegaram até nós porque eles foram bem instruídos. 
E dentro desta pequena reflexão, quero dizer que discipulado/relacionamento não é um estudo bíblico; não é um "cultinho" em casa, não é somente exortar, mas, relacionamento é conviver, andar junto, abrir o coração motivado por um relacionamento de confiança e amizade. E neste relacionamento acontece de tudo: falar a Palavra, comer junto, ensinar, exortar, rir, brincar, chorar, sofrer, mas tudo junto, amigos.
Jesus era amigo de seus discípulos. 
O  relacionamento promove uma amizade. Através desta amizade , nós vamos construir algo duradouro e vamos produzir discípulos que vão dar muitos frutos. 
Com o relacionamento, não vamos precisar nos preocupar se vamos perder ou não alguém da congregação, pois construímos alicerces baseados na amizade.
Estava conversando com um irmão da congregação aqui em Portugal e ele lembrou que a Palavra fala de amigos mais chegados...

Cuidado! As muitas amizades podem levar à ruína, mas existe amigo mais chegado que um irmão. Prov 18:24

João 15:15
Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor; mas Eu vos tenho chamado amigos, pois tudo o que ouvi de meu Pai Eu compartilhei convosco. 

Provérbios 17:17
O amigo dedica sincero amor em todos os momentos e é um irmão querido na hora da adversidade.
Provérbios 27:9
Perfume e incenso promovem alegria no coração; o conselho sincero de um amigo dá encorajamento para viver.

Você amado leitor, tem amigos ?
Quem é seu amigo hoje?

Precisamos aprender que o homem não vive só. O homem precisa de amigos. Pessoas que andam conosco. Pessoas que nos exortam, nos amam, falam a verdade. Pessoas que de tanto conviver conosco nos conhecem. 
O relacionamento tem que ser um modelo de vida, uma prática nas igreja de hoje. As pessoas precisam entender que este modelo atual onde, se assistem um culto dominical, ou reunião de oração e depois não se relacionam, e só se encontram no próximo final de semana, não promove amizade. 
Então, concluo que:
1- Se você está num discipulado baseado em somente estudar a Bíblia, isto não é discipulado
2- Se você está num "discipulado" baseado em culto solene, isto não é discipulado
3- Se você está num "discipulado" que não há espaço para você abrir o coração, isto não é discipulado
4- Se você está num "discipulado" que não pode chorar e ser consolado, isto não é discipulado
5- Se você está num "discipulado" que não se pode rir e se divertir, então você não está num discipulado"
6- Se você não tem liberdade de expor sua opinião, então você não está num "discipulado"

Lembre-se que relacionamento vai produzir estas atitudes acima no aspecto positivo. Ou seja:
Meu relacionamento vai produzir:
1- Estudo da Palavra
2- Informalidade
3- Abertura de coração
4- Choro
5- Diversão
6- Liberdade de se expressar
E muito mais . Relacionamento produz discípulos sadios . Produz filhos e não crentes.Produz amigos. Produz discípulos.
Reflita !

Anderson Santos






Nenhum comentário:

Postar um comentário